Travessia Lençois - Capão. Trekking na Chapada Diamantina
  •  A cachoeira da Fumaça a partir do Capão, uma garantia de chegar no local antes dos outros visitantes

  • A cachoeira da Fumaça a partir do Capão, uma garantia de chegar no local antes dos outros visitantes

  • A cachoeira do Riachinho, um banho revitalizante depois da caminhada da Fumaça

  • O vale do Capão é uma vila de vários sotaques, artistas do mundo todo frequentam este vilarejo onde se praticam todo tipo de terapias.

DIA 01

Travessia Lençois – Capão

  • 6h-7h de caminhada

  • 600 metros de desnível

Este roteiro percorre a trilha lendária do século 17 que usavam os tropeiros para chegar em Lençóis vindo do sul do estado ou de Minas Gerais. Num passado recente as mulas do Capão carregavam para a feira de Lençóis as bananas e o café plantados no vale. O garimpo de diamante deixou obras de pedras como regos e tocas usadas pelos garimpeiros. Paramos na beira do rio Ribeirão para o lanche e logo depois avistamos o gigante telúrico da Chapada, o Morrão conhecido também como Monte Tabor. No final da tarde chegamos perto do Capão onde um carro nos espera para terminar nosso roteiro até a vila.

DIA 02

Cachoeira da Fumaça + Riachinho
Volta para Lençóis no fim de tarde

  • 4h de caminhada

  • 300 metros de desnível

Vamos de carro até o início da trilha que leva a uma das maiores quedas d’água do Brasil, com 380 metros de queda livre. Uma subida íngreme para começar e em seguida a extensão dos gerais que abrigam uma flora riquíssima de bromélias, orquídeas e cactos. Em época de estiagem, de setembro a dezembro, ela fica com menos água e o vento leva de volta as gotinhas formando a famosa “fumaça”. Lanche no local. Visita a Cachoeira do Riachinho para banho e relaxamento. Volta para Lençois no fim da tarde.
Material: uma mochila pequena (20l) é suficiente para esta travessia de dois dias